As 10 cidades mais obesas dos Estados Unidos

Pesquisa da Gallup mostra que 38% dos americanos com mais de 18 anos estavam obesos em 2016.




Dos americanos  38% com mais de 18 anos e 17% dos adolescentes, foram considerados obesos em 2016, segundo pesquisa do Índice de bem estar da Gallup. Dentre as 189 áreas metropolitanas pesquisadas, 102 registraram taxas de obesidade inferiores à média nacional. O estudo mostra que nas 11 áreas metropolitanas com as maiores taxas de obesidade a média de salários (cerca de 38.550,00 dólares por ano) é menor que nas 10 áreas com as menores taxas de obesidade (47.783,00 dólares), mostrando uma ligação entre pobreza e obesidade. A porcentagem de obesos na cidade menos obesa dos Estados Unidos é de 12,5%, em Boulder, Colorado. Foram pesquisadas as 189 áreas metropolitanas do país. Os dados para cada cidade foram compilados pelo Wall Street Journal.

LEIA TAMBÉM: Como a cidade mais feliz dos EUA virou um campo de guerra

1. Mc Allen-Edimburg-Mission, Texas
Porcentagem de obesos: 38,5% Porcentagem com pressão alta: 26,6% Porcentagem que se exercita regulamente: 52,2% Taxa de pobreza: 37,7%

2. Huntington-Ashland, West Virginia, Kentucky, Ohio
Porcentagem de obesos: 37,7% Porcentagem com pressão alta: 43,3% Porcentagem que se exercita regulamente: 46,5% Taxa de pobreza: 19,9%

3. Little Rock-North Little Rock-Conway, Arkansas
Porcentagem de obesos: 34,7% Porcentagem com pressão alta: 37,3% Porcentagem que se exercita regulamente: 52,7% Taxa de pobreza: 14,7%

4. Mobile, Alabama
Porcentagem de obesos: 33,7% Porcentagem com pressão alta: 35,6% Porcentagem que se exercita regulamente: 52,6% Taxa de pobreza: 19,4%

LEIA TAMBÉM: As 10 melhores praias dos Estados Unidos em 2017

5. Hagerstown-Martinsburg, Maryland-West Virginia
Porcentagem de obesos: 33,4% Porcentagem com pressão alta: 33,8% Porcentagem que se exercita regulamente: 49,7% Taxa de pobreza: 13,6%






6. Myrtle Beach-North Myrtle Beach Conway, SC
Porcentagem de obesos: 33,1% Porcentagem com pressão alta: 40,9% Porcentagem que se exercita regulamente: 55,8% Taxa de pobreza: 18,9%

7. Toledo, Ohio
Porcentagem de obesos: 33,0% Porcentagem com pressão alta: 29,1% Porcentagem que se exercita regulamente: 55,0% Taxa de pobreza: 20,2%

8. Charleston, West Virginia
Porcentagem de obesos: 32,9% Porcentagem com pressão alta: 41,1% Porcentagem que se exercita regulamente: 49,0% Taxa de pobreza: 18,2%

9. Reading, Pensilvânia
Porcentagem de obesos: 32,8% Porcentagem com pressão alta: 31,2% Porcentagem que se exercita regulamente: 46,4% Taxa de pobreza: 13,7%

10. Erie, Pensilvânia
Porcentagem de obesos: 32,5% Porcentagem com pressão alta: 28,5% Porcentagem que se exercita regulamente: 45,2% Taxa de pobreza: 16,4%

De acordo com os dados mais recentes, as taxas de obesidade adulta já ultrapassam 35% em quatro estados, 30% em 25 estados e 20% em todos os outros estados. Louisiana tem a maior taxa de obesidade adulta em 36,2 por cento e Colorado tem o menor em 20,2 por cento. As taxas de obesidade adulta dos EUA diminuíram em quatro estados (Minnesota, Montana, Nova York e Ohio), aumentaram em dois (Kansas e Kentucky) e permaneceram estáveis no resto, entre 2015 e 2016. Esta é a primeira vez na última década em que qualquer Os estados sofreram diminuições – além de um declínio em Washington, DC em 2010.

Taxa de Obesidade de Adultos por Estado, 2015



VIDA EUA: Como morar barato nos Estados Unidos

VIDA EUA: Os 10 maiores obstáculos para brasileiros que mudam para os Estados Unidos