Americana mata namorado com tiro em brincadeira no YouTube

Jovem de 19 anos, que estava grávida do segundo filho de seu companheiro, atirou contra uma enciclopédia que ele segurava no peito achando que fosse impedir passagem da bala. Casal queria ficar famoso com vídeo de ‘brincadeira’ ousada




Monalisa Perez, de 19 anos, foi detida nesta segunda-feira (26), depois de atirar contra Pedro Ruiz enquanto ele segurava um livro contra o peito, acreditando que o objeto impediria a passagem da bala.

Autoridades dizem que Ruiz, de 22 anos, morreu em consequência do tiro no peito.

LEIA TAMBÉM: Adolescente cai de brinquedo em parque de diversões em NY

A filha de três anos do casal e cerca de 30 pessoas assistiram à cena, transmitida pelo YouTube Live, o serviço de streaming em tempo real da plataforma.






LEIA TAMBÉM: Mais de 80% dos americanos quer mais controle sobre armas

Claudia Ruiz, tia de Ruiz, disse ao canal WDAY-TV que seu sobrinho lhe disse que eles fariam a brincadeira “porque queriam mais seguidores, queriam ficar famosos”.

“Ele me contou a ideia e eu disse ‘não faça isso, não faça isso. Por que você vai usar uma arma? Por quê?”, disse Claudia Ruiz ao canal de notícias.

“Eles estavam apaixonados, eles se amavam”, disse. “Foi apenas uma brincadeira que deu errado”.

Infelizmente, a brincadeira acabou dando muito errado, e a bala passou pelo livro e atingiu o peito de Ruiz, matando-o antes que ele pudesse ser levado levado ao hospital pelo socorro aéreo, informou a TV WDAY.





VIDA EUA: Estupro e Pedofilia, como se lida com isso nos Estados Unidos
VIDA EUA: Os 10 maiores obstáculos para brasileiros que mudam para os Estados Unidos