Gráfico mostra a redução no número de passageiros entre 2015 e 2017

A ANAC registrou mais uma redução, apesar da alta na demanda por voos internacionais e do dólar mais barato



As viagens para os EUA, principal destino de brasileiros no exterior, estão em queda pelo segundo ano consecutivo, mostram dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).
O número de passageiros transportados entre os dois países, no acumulado de janeiro a abril de 2017, foi 14,6% menor que o registrado em igual período do ano passado. Entre 2016 e 2015, na mesma comparação, a queda já havia sido de 11,07%.

LEIA TAMBÉM: MIAMI / ORLANDO em 30 minutos, conheça o Hiperloop!!

A redução se deu apesar da recuperação da demanda por voos internacionais entre as empresas aéreas brasileiras e da desvalorização do dólar, que faz com que as viagens para os EUA fiquem mais baratas.
Segundo a Anac, a alta na demanda por voos internacionais foi de 17,1% somente em abril de 2017 – sétimo mês seguido de crescimento nesse indicador.

Esteiras vazias durante o desembarque de passageiros vindos de Nova York

Já o dólar, que no ano passado já havia acumulado desvalorização de 17,69%, começou janeiro de 2017 cotado a R$ 3,24 e terminou o mês de abril valendo R$ 3,17.



LEIA TAMBÉM: Brasileiros voltam a procurar Imóveis e Visto nos EUA para deixar o país

Com menos passageiros dispostos a viajar, a oferta de voos entre Brasil e EUA também vem caindo pelo segundo ano seguindo, mostram os dados da Anac.
Na semana do dia 31 de maio de 2015, empresas nacionais e estrangeiras ofereciam 284 voos semanais entre os dois países. Em 2016, na mesma época, eram 210 e, na semana de 31 de maio de 2017, eram 196 voos semanais. Nesses dois anos, a queda acumulada na oferta é de 31%.



VIDA EUA: Dentro de casa, como é morar nos Estados Unidos..

VIDA EUA: Como economizar na hora de viajar para os Estados Unidos